sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

A importância da Educação Infantil para o desempenho na escola

Divulgação

A pré-escola é fundamental não apenas para o aprendizado, mas também para o comportamento das crianças
As crianças possuem comportamentos muito particulares que se refletem – e, por consequência, são facilmente percebidos – no modo como aprendem. Na primeira infância, os pequenos vão definindo traços de personalidade que carregarão durante toda a vida, mas necessitam de estímulos específicos para que desenvolvam com eficiência as linhas comportamentais e os aprendizados elementares nessa fase.
A fim de que as crianças assimilem novas ideias, é fundamental que elas estejam em ambientes adequados – ou seja: nesse período, fora do núcleo familiar, elas devem reagir a interações com outras crianças e com adultos que possuam bagagem pedagógica, pois é uma fase de bastante criação e significação; assim, a Educação Infantil é fundamental para que o conhecimento básico seja estimulado.
Caráter em formação
Frequentar a pré-escola e começá-la no tempo certo é uma forma de garantir que a criança se acostume e tenha interesse contínuo pelo aprendizado a ser absorvido durante a vida – e não apenas a acadêmica, pois além de dar o incentivo necessário, trabalha em todos os outros alicerces do caráter de cada um.
A educação infantil, nesse ponto, atende ao plano afetivo e cognitivo: com o apoio necessário, o grupo pedagógico ensina dois caminhos em paralelo, tanto como ensinar uma criança a ler, quanto como ensinar a compreender diferentes opiniões; são questões essenciais que devem, na primeira infância, caminhar juntas, para que o comportamento dos pequenos influencie (e seja influenciado) de maneira positiva na sociedade.
Trabalho em conjunto
Nos primeiros anos de vida, é importante que a relação família-escola seja fortalecida: a pré-escola ajuda nas questões sociais; e o núcleo familiar também colabora na educação, não apenas na atenção ao tempo certo de cada fase em relação aos anos escolares, mas também no estímulo direcionado e adequado à idade fora desse período. Para isso, existem itens específicos de princípios de matemática, alfabetização ou literatura infantil, que não apenas reforçam o aprendizado, mas também instigam a curiosidade e o interesse.
A educação infantil, portanto, é imprescindível no desempenho escolar das crianças, já que é nessa fase que são promovidos os incentivos ao conhecimento e à formação do caráter individual; as atividades durante o período também são dirigidas para despertar o maior interesse – a exemplos do clube do livro, hora da história e músicas educativas. É, então, parte da família acompanhar o desenvolvimento dos pequenos e continuar em casa o trabalho do grupo pedagógico, para que se tenham resultados efetivos. Fonte: http://leiturinha.com.br/ . EMT - Divulgação